Sexta, 19 de Outubro de 2018
E-Mail Senha  
   
 » La Salle Toledo Dia da Árvore
 » Você no Site Participe você também!! Aqui o espaço é todo seu!!
 » Esportes Fique por dentro do Mundo do Esporte!
 » Tecnologia Aplicativos Android funcionarão em PCs Windows com hardware AMD
 » Tecnologia Nova expansão de World of Warcraft chega hoje com preços a partir de R$80
 » Saúde Queime calorias com exercícios perto da sua casa
 
   
 
 » Cadastre-se
 » Quem Somos
 » Portfólio
 » Contato
 » Webmail
 » Publicidade
 » Administração

 
   07.06.2018

Voltar

     
     
 

Renato Augusto treina e afasta chance de corte da Seleção

 
     
 

Meia voltou a participar de uma atividade com o grupo após sentir dores no joelho esquerdo.

O meia Renato Augusto praticamente afastou a possibilidade de ser cortado da Seleção brasileira ao participar de parte do treino na tarde desta quinta-feira, no CT do Tottenham. O jogador teve sensível melhora das dores no joelho esquerdo, fez mais uma sessão de fisioterapia pela manhã, de cerca de 1h30, e à tarde foi autorizado pelo médico Rodrigo Lasmar e pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti a ir para o campo.

Renato Augusto chegou no campo depois de todos os jogadores e assistiu à primeira parte do treinamento sentado no banco de reservas. Quando Fred levou uma forte pancada de Casemiro no pé direito e precisou deixar o gramado, ele levantou-se e chegou a caminhar em direção ao campo. No entanto, não foi autorizado a entrar.

Publicidade


Depois, na segunda parte do treinamento, ele foi chamado a entrar na equipe reserva. A imprensa não pôde acompanhar, mas as informações é de que ele treinou com desenvoltura.

O retorno do meia aos treinamentos é uma boa notícia, mas não significa que ele deverá participar da partida de domingo contra a Áustria, em Viena. O jogador deverá ficar no banco, mas Tite ainda acha cedo para aproveitá-lo, pois a semana que ficou sem treinar também comprometeu sua condição física.

Renato Augusto foi titular da seleção brasileira durante praticamente todas as Eliminatórias e mesmo com queda de rendimento foi preservado ao máximo por Tite. O treinador o tem como um jogador de confiança, pela sua liderança e visão de jogo. Isso o levou a convocá-lo para o grupo que jogará a Copa, mesmo estando em ritmo bastante inferior aos demais, pelo fato de atuar no futebol chinês.

Por isso também a comissão técnica relutou bastante até para admitir a possibilidade de corte, e preferiu esperar pacientemente pela recuperação do jogador.

Lance/Terra

 
     
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright Anestezia.com - Since 2002 - Melhor visualizado em 1024 x 768